VIDEO-RETRADOS: VILA PARISI
(2020)

capa_video_retrato_1.png

apresentação

Ação composta por uma série de vídeo-performances, desdobrando a obra e pesquisa teatral-performativa, Vila Parisi, espetáculo apresentado em espaço específico (site specific) no polo industrial de Cubatão. Combinado a uma produção sonora, cada vídeo é composto por símbolos poéticos que sintetizam o trabalho construído ao longo de dois anos de pesquisa, ensaios e apresentações da peça. O resultado é uma trilha individual, com intersecção de linguagens (fotografia, cinema, teatro, performance, literatura e música) que brinca com a memória e os espaços mentais dos espectadores. Este projeto compôs o projeto "Entrelaces da performance e  educação" na grade da programação online do Sesc Santos e foi convidado para o Festival Internacional de Perfomance Zacatecas , México, também em plataforma online.

Quadro 2 - Construção
Quadro 2 - Construção

Foto de Sander Newton @projetozanza

press to zoom
Quadro 1 - Qual é a tua voz Vila Parisi?
Quadro 1 - Qual é a tua voz Vila Parisi?

Foto de Sander Newton @projetozanza

press to zoom
Quadro 4 - Maracangalha
Quadro 4 - Maracangalha

Foto de Sander Newton @projetozanza

press to zoom
Quadro 2 - Construção
Quadro 2 - Construção

Foto de Sander Newton @projetozanza

press to zoom
1/4

histórico

Essa obra foi criada entre abril e julho de 2020 e compôs o projeto "Performando: Entrelaces da performance e educação" na grade de programação online do Sesc Santos, sendo posteriormente convidado para o Corpórea – Festival Internacional de Perfomance Zacatecas – México e participou também do FESTA 62 – Festival Santista de Teatro, 18º e 19º Curta Santos e 18º Festival de Teatro de Cubatão.

QUADRO 1 - QUAL É TUA VOZ VILA PARISI ? 

No primeiro vídeo, temos, a partir de uma pergunta cerne, o convite para um aprofundamento poético ao cosmo do prenúncio de uma tragédia experienciada por uma população assolada pelo projeto desenvolvimentista do Brasil dos anos 1970.

QUADRO 2 - CONSTRUÇÃO 

Uma ruptura no tempo nos possibilita ver o trabalho de uma lavadeira e dois trabalhadores da indústria executando suas tarefas diárias em seus contínuos movimentos. A repetição das imagens, a multiplicação dos corpos e a ausência humana nas cenografias compostas nos impulsionam a imaginar a importância das trabalhadoras e trabalhadores da base que aqui estiveram e ainda estão.

QUADRO 3 - BIOINDICADORES

Manifesto latino americano anti-tecnofascista, que suscita a experiência intensificada no município de Cubatão a partir da década de 1950 com o projeto desenvolvimentista não planejado que colocou toda a biodiversidade, fauna e flora em risco, cometendo diversos crimes contra a vida, transformando a cidade em um laboratório a céu aberto.

QUADRO 4 - MARACANGALHA 

Sob a luz de um cabaré à beira da estrada, ilumina-se um território dedicado à comercialização do corpo. O bairro que cresceu por conta da contínua procura por corpos femininos revela mulheres marcadas por arquétipos que invertem a lógica predatória do imaginário machista. Aqui elas são representadas pela lenda popular de mulheres que se banhavam à beira do rio e devoravam os homens que por elas eram atraídos.

ficha técnica

Direção de arte: Lípari | Direção de fotografia: Sander Newton | Performer vídeo 1 : Douglas Lima | Performers vídeo 2: Allana Santos, Douglas Lima e Sander Newton | Performers vídeo 3: Tay O’hanna e Lípari | Performer vídeo 4: Sandy Andrade | Trilha sonora: Marcozi dos Santos | Poema-manifesto “Qual é tua voz Vila Parisi ?”: Coletivo 302 | Compositor “Construção”: Sander Newton | Músicos “Construção”: Marcozi dos Santos e Rodrigo Suzuki | Cantores “Construção”: Tay O’hanna e Douglas Lima | Compositora “Labuta” : Isabel Tavares | Cantora “Labuta: Tay O'hanna | Texto manifesto-latino-americano: Lípari | Tradução vídeo 3: Marilda Carvalho | Revisão de tradução vídeo 3: Susana Monteiro | Operação de câmera: Sander Newton | Assistente de câmera: Sandy Andrade | Fotos: Sander Newton | Edição de vídeo: D'Moura | Indumentos: Douglas Lima e Lípari | Maquiagem: Sandy Andrade e Lípari | Iluminação: Lípari | Assistente de montagem: Lucas Wickhaus | Catering: Cabana da Piba | Produção: Tay O’hanna | Assistência de produção: Allana Santos e Sandy Andrade | Produção Executiva: Sander Newton | Produção Geral: Coletivo 302